Bolo red velvet - surpreendente

Quem vive assistindo àqueles programas culinários estrangeiros com certeza já se deparou com um bolo red velvet servido com aquela cobertura branca de queijo.

Pois é, esse era um bolo que me causava, acima de tudo, curiosidade. Embora vermelho (do inglês, veludo vermelho) e feito com chocolate, não conseguia pensar no sabor nem do bolo, nem daquela cobertura cremosa branca - que eles fazem com o tal queijo mascarpone.

Eu tirei essa receita do vídeo que assisti, o qual recomendo muito. Segui as instruções e não teve erro, ficou ótimo.



Apenas uma crítica: o vídeo não fala sobre a quantidade de corante e tive que ficar assistindo o tempo todo, tentando encontrar a cor certa (acabei usando muito corante, quase 25ml de vermelho da Wilton).

A cor do bolo (além do corante, claro) é o resultado de uma reação química que acontece entre o cacau, o vinagre e o bicarbonato de sódio, fazendo um ambiente bem básico (a esse respeito: O segredo por trás dos ingredientes - açúcares e chocolate).


O resultado fez sucesso! Mas devo dizer que fiz algumas alterações na montagem que (modéstia à parte) fizeram parte do sucesso: o bolo não é tão amargo e a cobertura branca é bem doce - acabei inclusive quase dobrando a quantidade de limão (coloquei o suco de 1 limão taithi inteiro), por esse motivo, optei por fazer uma camada recheada de geleia de morango caseira (meio azedinha) e uma ganache de chocolate amargo.


Ingredientes (do bolo)

200ml de leite + 1 colher de sopa de suco de limão (buttermilk)
2 1/2 xícaras de farinha de trigo
pitada de sal
1 colher chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de fermento
1 colher de sopa (bem cheia) de cacau
2 (ou 3) claras batidas em neve
200g manteiga sem sal
2 (ou 3) gemas
2 xícaras de açúcar refinado
1 colher de chá de baunilha
1 colher de sopa de vinagre
corante vermelho

Modo de preparo (do bolo)

Em primeiro lugar faça o buttermilk - um produto que não temos disponível no Brasil. Para isso deixe o leite talhar com o limão.
Peneire todos os ingredientes secos juntos (farinha, sal, bicarbonato, fermento e cacau) - o cacau costuma ficar em bolinhas que não dissolvem facilmente e isso vai ajudar muito.
Bata as claras em neve e reserve. Se os ovos não forem do tamanho extra ou jumbo, coloque mais um (clara e gema).
Bata as gemas com a manteiga e depois de formar um creme, adicione o açúcar. Bata bem até ficar um creme liso, homogêneo e esbranquiçado. Junte a baunilha e o vinagre.
Junte alternadamente o buttermilk e os ingredientes secos, ao final adicione o corante (a massa precisa ficar vermelho bem forte, quase da cor de uma cereja).
Junte as claras batidas em neve delicadamente com a ajuda de espátula ou fouet.
Basta assar por cerca de 30-40 minutos a 180ºC (usei uma forma redonda com 25cm de diâmetro). Como a cor do bolo é escura e tende a escurecer mais no forno, use a técnica do palito para ver quando está pronto (o palito precisa sair seco).

Ingredientes (do creme)

400g de manteiga sem sal em ponto pomada
300g de cream cheese
500g de açúcar de confeiteiro peneirado
5 colheres de chá de suco de limão
1 colher de chá de baunilha

Modo de preparo (do creme)

Bata tudo na batedeira em velocidade alta até formar um creme liso e homogêneo.
Se desejar adicione mais limão (aos poucos, para não desandar o ponto).


Fiz uma graça com morangos sobre o creme apenas para decorar. E sobre isso, uma dica: coloque somente na hora de servir, do contrário os morangos soltam líquido e acaba com a sua decoração.
Mas você pode deixar no estilo naked (ou sem cobertura) que está na moda ultimamente.

 





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfim, macarons

Bavaroise de Capuccino e os segredos do crème anglaise

Geléia ou compota de morango (ou frutas vermelhas)